PALESTRANTES

Conheça os profissionais que fazem parte deste Congresso!

 

Tema: "Aguardando o tema"

Ana Severino (Portugal) - Licenciada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão em 2001; Trabalha atualmente na CERCi-Lisboa, no Centro de recursos para a inclusão, no apoio de crianças com necessidades educacionais especiais, inseridas no ensino regular; Co-autora de um CD com «Atividades de Processamento Auditivo – APA ii», efetuou estágio profissional especializados no Brasil (São Paulo). Possui o 1º Nível do Método Tomatis (instituto Tomatis–Barcelona) e fez formação PROMPT (Prompt for restructuring Oral Muscular Phonetic Targets) em Amesterdão; É também Educadora Clínica da Escola Superior de Saúde do Alcoitão e leciona formações na área da Leitura e da Escrita e do Processamento auditivo central. Autora do Método DOLF e das Cartas de Sons.

 

 

Tema: "A importância do desenvolvimento psicomotor na primeira infância"

Fabiola Dobrillovich - Neuropsicopedagoga clínica com especialização em saúde mental e educação inclusiva. Pós graduada em Psicopedagogia Clínica. Especialista em Psicomotricidade. Atualização profissional em Neuropsicologia Infantil pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). Graduação em Pedagogia pela Universidade São Marcos . Atualmente é orientação educacional - Ensino Fundamental II e Ensino Médio de uma escola particular, palestrante do Sindicato dos Professores de São Paulo, docente e organizadora - Cursos e Palestras Fabiola Dobrillovich, atendimento em consultório - e palestrante do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo. Docente de cursos de Pós graduação.Membro da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia.

 

Tema: "A importância de conhecer as crianças através do seu brincar espontâneo - A vez e a voz das crianças e seus brincares"

Adriana Friedmann - Apaixonada pelas infâncias e seus brincares, Adriana é ativista, pesquisadora e formadora. Doutora em Antropologia pela PUCSP, Mestre em Educação pela UNICAMP e Pedagoga pela USP. Criadora e coordenadora do NEPSID - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento e do Mapa da Infância Brasileira. Foi co-fundadora da Aliança pela Infância e do Coletivo ‘A vez e a voz das crianças’. Atua como consultora nacional e internacional junto a ONG’s, fundações, secretarias, escolas etc. nas temáticas da infância, pesquisas com crianças, brincar, linguagens expressivas e biografias. Autora de vários livros e artigos na área como: “A vez e a voz das crianças”, “Linguagens e culturas infantis”, “O desenvolvimento da criança através do brincar”, “A arte de brincar”, dentre outros.

Tema: "A neurobiologia da curiosidade e as descobertas de saberes no brincar criativo"
Marta Relvas - Professora de Biologia, Pesquisadora na área de Neurociência Aplicada à Aprendizagem Cognitiva e Emocional no Desenvolvimento Humano. Dra.h.c em Educação. Dra e Ms. em Psicanálise. Neurocientista da Educação,  Neuroanatomista, Psicopedagoga, Especialista em Fisiologia Humana, Bioética Aplicada, Neuropsicomotricidade e Didática do Ensino Superior. Membro Efetiva da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento, Conselho Regional de Biologia - RJ e da ABPp RJ. Tem Certificação no Program Aproch Study em Reggio Emília na Itália e Title the Education of Neuroscience - Eramus Europa, Portugal. Autora dos livros da WAk Editora, RJ, da Qualconsoante Editora, Portugal, e da Editora do Brasil, SP.

 

Tema: "Contando e entrelaçando histórias"

Tatiana Henrique - Atriz, formada pela Escola Técnica de Teatro Martins Pena. Mestra em Memória Social, na UniRio, licenciada em Letras, pela UNESA e cursou o programa de Extensão em História e Cultura Negra, pela UERJ. Sua formação complementar na área artística inclui cursos e oficinas com artistas e companhias como AMOK Teatro, Augusto Omolu (Odin Teatret), Renata Carreri (Odin Teatret), Thèatre du Soleil, Cia. Zecora Ura. Atua com contação de histórias há 15 anos, tendo desenvolvido sua pesquisa cênica na linguagem corporal em contos e mitologias ameríndias, africanas e indianas. Representou o Brasil nos Estados Unidos nos eventos The Art of Storytelling, Miami Book Fair e PanAfrican BookFest, neste como storyteller-in-residence. No Brasil, participou em diversas instituições, como Museu do Índio (projeto Aldeia de Histórias), Casa França Brasil, Centro Cultural Banco do Brasil, Fundação Palmares, Caixa Cultural, Centro Cultural dos Correios, Espaço SESC e Museu de Arte Contemporânea de Niterói/RJ. Recebeu indicação de “Melhor Atriz” para o prêmio CBTIJ 2015, pelo espetáculo O menino que brincava de ser, da Pandorga Cia de Teatro. Recebeu os prêmios “Melhor Atriz” no V Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora/MG e “Destaque Atriz” na V Mostra de Teatro Estudantil, no CCBB RJ, em 2011, pelo espetáculo O que Fazem as Meninas quando Desabrocham?, baseado em contos de Mário de Andrade, direção de Eduardo Vaccari. Foi responsável pelo projeto Griôs no Teatro, contemplado pelo programa Mais Cultura nas Escolas, para mediar contação de histórias e teatro para crianças e jovens. Desenvolve o projeto de teatro-educação Kilandukilu, baseado na cultura cênica indígena e afro-brasileira e africana para mediar teatro para crianças e jovens. Foi contemplada para os trabalhos “Da raiz do baobá” (contação de histórias) e “CorpOralidade” (oficina de teatro) pelo edital Viva o Talento!, da Secretaria Municipal de Cultura e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Em arte educação, foi coordenadora pedagógica e educadora em diversos espaços culturais, como CCBB Educativo (em Rio de Janeiro e São Paulo), Centro Cultural Correios, Centro Cultural Helio Oiticica, Planetário da Gávea e outros, com ações interdisciplinares em Artes Cênicas, Literatura, Artes Visuais e Patrimônio. É editora técnica do livro Performance e Antropologia de Richard Schechner, organizado por Zeca Ligiéro. Participou como co-autora do livro Propostas pedagógicas para o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira. Participou como professora-bolsista do 1o Curso EAD de Aperfeiçoamento em Relações Étnico-Raciais – UNIAFRO, organizado pelo Instituto Federal de Brasília – IFB, responsável pelos módulos História e Cultura Afro-brasileira e Arte e Cultura Afro-brasileira.






Tema: "Brinquedos e brincadeiras tradicionais da infância brasileira"

Roque Antônio Juaquim (Mestre Roquinho) - Brincante, construtor de Barquinhos com coisas da Natureza, pesquisador da cultura da Criança e Membro Fundador da “Carretel”, um organismo empenhado nas questões ligadas à Educação, Cultura da Criança e à Cultura Brasileira. Ao longo dos últimos 20 anos promove reflexões e práticas sobre os brinquedos e brincadeiras, dos mesmos como parte estrutural da cultura de um povo e sobre a importância de brincar para a plenitude do desenvolvimento humano.




 



Tema: "Brincadeiras em quartos de hospital com bebês e crianças autistas"
Daniela Tsubota - Psicóloga (CRP 06/102416) graduada pela USP, Mestre em Psicologia na área de Avaliação Neuropsicológica Infantil pelo Instituto de Psicologia da USP. Especialista em Neuropsicologia pelo INESP. Colaboradora do Laboratório de Terapia Comportamental da USP (LTC-USP) e do Ambulatório de Autismo do Instituto de Psiquiatria da USP (PROTEA). Possui experiência na área de Psicologia Hospitalar, Psicoterapia Analítico-Comportamental, Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica. Neuropsicóloga colaboradora e pesquisadora no Ambulatório do Programa de Transtornos do Espectro Autista (PROTEA-IPqHCFMUSP).







Tema: "Parem de apressar a infância – A importância do lúdico na educação infantil"

Thiago de Araújo - Psicopedagogo pela AVM/UCAM;  Especialista em Educação Lúdica; Aprofundamento em Psicopedagogia e Neurociências pelo Alumni INEPPSIN - Nadia Bossa; Intervenção Psicopedagógica com Enfoque Neuropsicológico e Oficina de Jogos – Simaia Sampaio; Certificado em Autismo pela Extensão da PUC-Rio; Brinquedista formado pelo HUPE; Mediador Escolar pela Associação de Apoio à Pessoa Autista (AAPA) e Movimento Uniforme; Pós-graduando em Neurociências Pedagógica; Formado em Artes Cênicas pela FAETEC; Arte Educador; Psicopedagogo e Brinquedista na Criar Recriar; Sócio Diretor da Creative Ideias; Coordenador da Brinquedoteca da Recriasce; Autor e organizador do livro “Brinquedista e brinquedoteca – Olhares sobre a infância.”





 

Tema: "Espaços da Psicopedagogia Hospitalar"

Fátima Ornelas - Pedagoga de formação. Psicopedagoga Institucional e clínica, Neuropsicopedagoga. Especialização em: Informática Educativa e Psicomotricidade em andamento. Experiência em Educação em espaços não escolares, Educação especial e Educação de Jovens e Adultos. Temas de atuação e estudo: formação de professores na perspectiva de práticas educativas voltadas para a ludicidade com foco nos processos inclusivos dos espaços formais e nos espaços para privados de liberdade (sistema prisional e espaço socioeducativo). Atuou na equipe de implementadores de 2 CIEPs na baixada fluminense e como supervisão em projetos desenvolvidos em comunidades do RJ como o ‘Projeto Comunidade Solidária’, ‘Programa Aumento de Escolaridade Vida Nova’, cursos livres, pré-vestibular e reforço de reforço escolar em 8 comunidades localizadas na da zona sul (FIRJAN/SESI);  Docente e implementadora dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Letramento nas Séries Iniciais para Crianças e EJA (Realização: INES e ISERJ/FAETEC - 2008-2011) e da Pós Lato Sensu em ‘Educação Museal’ (Realização: Museus Chácara do Céu e República em parceria com ISERJ/FAETEC 2015-2018); Docente na Pós-Graduação Lato Sensu, ‘O processo de letramento e alfabetização do aluno com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) da Educação Infantil ao 1º ano do Ensino Fundamental’ (Realização: IBC e ISERJ/FAETEC 2012-2013) e em cursos de Pedagogia e Psicopedagogia. Experiência como docente em diferentes cursos à distância da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e CEDERJ.  Atua como psicopedagoga no Transformação-Espaço Multidisciplinar, atendendo crianças e adolescentes, de baixa renda, com deficiência.  Contemplada com duas medalhas pelo LIONS Club: “Prêmio Lions, destaque em Educação”. Co autora nos livros:  Educação de Jovens e Adultos: vivências e experiências; PSICOPEDAGOGIA Novos olhares, prática e tendências; Mentes fora do lugar comum, uma volta pelo mundo das habilidades socioemocionais na Educação Básica. 

 

 

 

 


Tema: "Pintando a Robótica"
Juliana Figueiredo Câmara - Mestre em Educação com Ênfase nas Tecnologias da Informação e Comunicação nos Processos Educacionais, Pós-graduada em Psicopedagogia e graduação em Pedagogia. É professora de Educação e Tecnologia nos segmentos de Educação Infantil, Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. Também desenvolve projetos voltados para a atualização pedagógica de professores através das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Também é professora de Robótica Educacional e sócia fundadora da empresa Óptimus Robótica.
 

 





Tema: "O lúdico na Pedagogia Hospitalar"

Denise Almeida - Pedagoga pela PUC Minas; Especialista em Educação Infantil pelo CEPEMG;  Realiza Trabalho voluntário lúdico e pedagógico há 9 anos dentro do ambulatório de oncologia infantil de um Grande hospital de BH; Presidente e Fundadora da ONG Xico Arantez de combate ao câncer infantil;  Gestora do Instituto educacional Sete Anões.

 

Tema: "Rodas de brincar - oficina de brinquedos e brincadeiras"

Vicente Barros - Brincante e Professor do Departamento de Artes e Design da PUC-Rio. Com mestrado em Arte-Educação pela ECA-USP. Consultor do CIESPI (Centro Internacional de Estudos e Pesquisa sobre a Infância), onde participou nos projetos: Rede Brincar e aprender, Ponto de Cultura - Centro Lúdico da Rocinha, Contrastes: Infância e Cidade, Metodologias de Escuta, e foi curador da exposição Brinquedo: mensageiro das infâncias. Nascido no Rio de janeiro, na infância teve como quintal as areias e ondas do mar, de onde traz um gosto aventuroso de andarilhar. Na graduação em design na PUC-Rio encontra um caminho para continuar aprendendo com a natureza, mais especificamente com os bambus. Pelos bambus encontra as crianças e a “gente encantada do Brasil” com quem vem aprendendo com seus fazeres, brinquedos, brincadeiras, versos e histórias. E compartilha essas experiências em cursos, oficinas e projetos ligados à arte, cultura, infância e natureza.

Tema: "Brincadeiras de rua - Se essa rua fosse minha?"

Luciano Feitosa - Mestrando em Educação, Cultura e Comunicação (UERJ-FEBF), pós graduação latu sensu em Educação Ambiental (UCAM), Licenciado e Bacharel em Educação Física (UNIABEU), graduando em Pedagogia (UFRRJ-IM), organizador do projeto "Se Essa Rua Fosse Minha- Brincadeiras de Rua" do Coletivo Educação Em Movimento.

 

 

Tema: "O que é um brinquedo terapêutico?"

Carolline Billett Miranda - Graduada em Enfermagem pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Enfermagem; Pós Graduada em: Enfermagem em Cuidados Intensivos Pediátricos e neonatais na Faculdades Metropolitanas Unidas; Mestranda do curso de Mestrado Profissional em Enfermagem da Faculdade Israelita Albert Einstein; Premiada como Enfermeira DAISY do Hospital Israelita Albert Einstein em 2019; Membro participante do grupo GBRINQ (Grupo de Pesquisa em Brinquedo Terapêutico); 1º Lugar na XXI Exposição da Qualidade e Segurança de 2019 com o relato de experiência da criação do Livro e “Agora to dodói”; Fundadora do Grupo BrinqEinstein - Grupo de brinquedo terapêutico do Hospital Israelita Albert Einstein.

Tema: "Brincando e jogando na gamificação"

Marcus Vinícius da Silva Nunes - Professor de Educação Física; Especialista em Psicomotricidade e Docência do Ensino Superior; Mestre em Ciências da Educação;  Mestre em Novas Tecnologias Digitais na Educação; Professor das escolas Abeu, Cenaza e Santa Maria; Professor da Faculdade Universo. Coordenador do curso de Educação Física da Unicarioca. Autor de livros "Abordagem Psicomotora Nas Aulas de Educação Física – Estimulação e desenvolvimento por meios de atividades lúdicas"; "Recreação – Brincando e jogando na escola"; "Estimulação na creche – Práticas para o desenvolvimento de bebês e crianças";  "245 jogos lúdicos – Para brincar como nossos pais brincavam" entre outros pela Wak Editora. 

Tema: "O brincar dos bebês – A perspectiva da abordagem Pikler"

Leila Oliveira - Doutoranda em Educação - Unicamp; Mestre em Educação - Unicamp; Especialista em Educação de 0 a 3 anos - Instituto Singularidades; Professora universitária, além de acumular ampla experiência na formação de educadores de bebês. Aprofundou-se nos estudos de Pikler em um curso realizado no Instituto Pikler-Lóczy, em Budapeste, na Hungria, e pela Red Pikler Nuestra América. 


A Comissão Científica está finalizando a grade de programação e formulando os convites para conferencistas e palestrantes nacionais e internacionais! Em breve serão publicados os currículos de todos.

OBSERVAÇÃO: Se, por motivo de doença, falecimento ou outro fator impeditivo, qualquer um dos palestrantes contratados para o curso não puder apresentar-se, fica ajustado que a comissão organizadora providenciará a substituição por outro profissional.

fabiola.png
ana severino.png
dani tsubota.png
marta relvas.png
denise almeida.png
juliana robotica.png
tatiana henrique.png
roquinho.png
fatima ornelas.png
vicente.png
adriana friedmann.png
thiago 2.png
luciano.png
carol.png
marcus vinicius.png
leila oliveira.png